O que espero de 2018 ?!

O novo ano está prestes a chegar e ainda não fiz metade do que planejei nesse ano.

Queria raidar, e o máximo que fiz foi terminar o modo normal do Pesadelo Esmeralda, matar uns chefes no ToS Normal e uns 2 no Antorus. Não fiz masmorra mítica com pedra, não fiz arena, não consegui upar todas as classes…
O máximo que consegui nesse ano foi farmar gold pra dar jogos de presente para meu marido e para um amigo nosso. Nada além disso.

Conheça meu novo blog, canal e me siga nas minhas outras redes sociais!
⭐️ BLOG
⭐️ CANAL NOVO
⭐️ INSTAGRAM
⭐️ TWITTER

Esse ano, pra mim, foi cheio de altos e baixos. Comecei o ano com a página “fechada”, me revoltei internamente com algumas coisas desse mundo de “gerar conteúdo de WoW” (odeio esse termo)… Me decepcionei bastante com algumas coisas que hoje, mais do que antes, me fizeram desanimar com tudo novamente.
Mas diferente do ano passado, eu não vou encerrar com o blog, mas deixar em aberto. Acho que devo levar isso adiante na medida que dê vontade, pois não estou feliz com um monte de coisas do WoWDiscovery.

No jogo, já disse a vocês que pretendo dar um tempo e vou fazer isso. Meu tempo de jogo termina na primeira semana de março e só estou esperando farmar gold pra comprar o rush da montaria de Antorus HC pra congelar a conta. Mas nem gold tenho feito pois não tenho jogado, pois passo mais tempo no Overwatch do que no WoW.

Não é um adeus

Pretendo colocar tempo de jogo novamente quando liberarem as raças aliadas. Quero voltar a farmar gold pra trocar algumas raças para meus alts e também pra comprar BfA.
Espero que eu consiga ter saudade do WoW nesse tempo off. Pois confesso não querer não sentir saudade do jogo.
Acho que se eu não sentir falta mais, será como um enterro pra mim. rsrs.
Amo o que o WoW representou na minha vida nos últimos anos, mas quando na possibilidade de deixar de gostar dele, me sinto como se tivesse terminando um relacionamento abusivo haha

Não tenho do que reclamar do conteúdo do jogo, pois como disse, eu mudei. Não estou mais na ‘vibe’ de viver a minha personagem e estar de “corpo e alma” me dedicando a salvar Azeroth. Tô mais na ‘vibe’ de viver a vida real, sabe?!

E os planos?

Acho que meus planos principais nesse começo de ano são terminar o processo de nivelamento e busca das montarias das três raças que faltam e pegar os artefatos de todos eles.
Depois, pretendo mudar as raças de alguns personagens, mudar para um reino americano (nivelando) e tentar fazer parte de um core em BfA.

E se tudo der errado?

Tudo o que quero, na verdade, é me divertir. Coloco metas pra saber aonde quero chegar. Mas se não chegar, se eu me diverti no processo tá mais do que ótimo!

Espero que Battle for Azeroth seja divertido. Confesso achar que muita coisa que foi apresentada na Blizzcon até agora não me animou não.
Me animei com a mudança no wpvp, com as raças aliadas, com o sistema social integrado ao battle.net e só. E tirando as raças aliadas, o resto do (pouco)conteúdo achei meio mé.

Então é isso.
Se você leu esse post todo até agora, quero lhe desejar um ano repleto de boas oportunidades e realizações.
Que Deus te abençoe e lhe dê sabedoria para tomar boas decisões e que se divirta muito em Azeroth!

Um beijo e até ano que vem! (ou talvez ainda nesse ano eu volto rsrs)